Off Topic

Published on February 7th, 2013 | by Mauricio Cruz

14

Permitase un Momento de Relax – Quando você acha que já viu de tudo…

Eu estava preparando um post um pouco mais divertido para voltar do recesso de janeiro, mas tem certas coisas que a gente vê por aí que PEDEM para ser compartilhadas.

Para você que acha isso zuado:

Eu lhe apresento o cúmulo do uso idiota de constantes. Com vocês, A CONSTANTE DE FUNÇÃO:

Me diz… ONDE ESSE MUNDO VAI PARAR?

Esse povo da Síndrome do Robô é muito persistente…

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page

Tags: , ,


About the Author

é pasteleiro há alguns anos e criou o ABAPZombie junto com o Mauro em 2010. Gosta de filosofar sobre fundamentos básicos da programação e assuntos polêmicos. Músicas estranhas, artes marciais e games indies são legais. Zumbis não. Converse comigo no twitter e conheça o meu livro de ABAP!



14 Responses to Permitase un Momento de Relax – Quando você acha que já viu de tudo…

  1. Danilão says:

    kkkkkkkkkkkkkk sem palavras.

  2. Felipe Tieppo says:

    Também já me daparei com isso! E mais! Havia um comentário na declaração da constante, bem esclarecedor por sinal. ex:
    ‘ ” Módulo de função cs_bom_expl_mat_v2.

  3. João says:

    Antes de dizer que é bom ou mau, tentem ver um exemplo:
    tipo…
    * User exit
    CALL FUNCTION ‘z_check_exit’
    EXPORTING
    exit = exit_1
    IMPORTING
    e_func = nome_da_funcao
    EXCEPTIONS
    OTHERS = 1.
    IF sy-subrc EQ 0.
    CALL FUNCTION nome_da_funcao
    ….
    ENDIF.

    Isto é bom quando estamos a fazer desenvolvimentos em Standard e queremos dar ao programador a possibilidade de fazer desenvolvimentos sem andar a registar o objeto por exemplo.
    Se existem maneiras melhores..claro que sim.. mas fica aqui o exemplo do quão util pode ser a declaração de uma constante de função..

    • Olá João!

      Desculpe, mas o seu exemplo só funciona se nome_da_função for uma variável/parâmetro, e não uma constante.

      Constante de função não presta para absolutamente nada. Só se a implementação for MUITO TOSCA, e utilizar uma constante para trocar o nome de várias funções de uma só vez. Acho que eu iria vomitar se olhasse algo assim, mas vai saber.

      Abs!

    • Haaa.. yeye..

      Descobrimos o dono do código =D

  4. João says:

    Amigo…o dono do código…ter calma com as palavras por vezes dava jeito..digo eu..mas pronto.. será uma variável sim..mas com a possibilizade de utilizarmos como quisermos..
    vamos imaginar..
    temos o nosso codigo standard..sem Z/Y’s
    Como fazer com que o programador possa fazer alterações ao codigo?
    Criarmos as nossas proprias funções predefinidas (campos/tabelas e afins) e uma tabela de parametrização para o programador configurar que exits quer que estejam ativas…
    se é uma boa politica?..talvez nao..mas de mal o menos temos a possibilidade de fazermos o nosso codigo sem andar a fazer alterações no standard..

    • João, eu entendi perfeitamente a sua idéia no primeiro comentário. Note que eu não comentei nada sobre ela. O quanto eu acho ela boa ou não sai do escopo desse post, e não vou discutir isso aqui.

      O fato é que aqui nest post brincamos com CONSTANTES para nome de função, e não para variáveis. Para a sua lógica funcionar, uma constante não funciona, correto? Portanto, seu primeiro comentário continua sem sentido, mesmo que a lógica esteja correta para VARIÁVEIS no nome da função.

      Abraços!

  5. João says:

    Boas,
    Funciona quando a nossa tabela de parametrização tem a coluna com o numero de exit e temos de criar a função com o nome pre definido…se é bom ou nao…claro que nao..mas é o que temos..

    Abraço

    • Meu filho…

      Isso que vc ta dizendo, pode funcionar, pode ser uma boa dependendo do cenário.

      Mas NÃO usando constante…

      Tente ativar isso:

      Fica tranquilo, é um post de humor, não é uma regra.

      Abs

  6. Miura says:

    Pois é meus caros, tem muito disso.
    Fora a função “constante” que o Maurício comentou, fui “obrigado” a modificar um programa que estava desenvolvendo para isso:
    SET PF-STATUS c_pfstatus_0001.

    Tudo porque a metodologia da empresa não permite hardcode nos programas, e se não tirar, não passa no processo de QA.

    Onde já se viu, constante num pf-status !!! Coisa de loko !!!

    A gente ri para não chorar !!! hehehehe.

    Abs.

  7. Ricardo says:

    Que bosta, os cara se acham os pica das galaxias…
    manow a parada é o seguinte, se ta funcionando ja era.. fecho.

    • Olá Ricardo, tudo bem?

      Obrigado pelo novo comentário, o seu último comentário foi matador, realmente um divisor de águas para nosso site. Obrigado por ter retornado.

      E você superou-se com este comentário heim? Vastos conhecimentos sobre desenvolvimento de software. Espero um dia ter você no meu time.

      Grande Abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to Top ↑